1719

Prefeitura Municipal de Itiruçu

Pular para o conteúdo

Maio mês de prevenção de acidentes de trânsito e a Hepatite

O Movimento Maio Amarelo nasce com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas. A campanha Maio Vermelho tem por objetivo conscientizar a população sobre a importância de prevenir a Hepatite. Esta doença leva à degeneração do fígado, e os agentes causadores podem ser: vírus, infecções, medicamentos, uso de drogas, abuso de álcool e até mesmo doenças genéticas e metabólicas. Pensando na importância do tema, separamos informações importantes e dicas para sua proteção. Acompanhe! Hepatite é uma doença caracterizada, principalmente, por inflamação no fígado. O infectado pode sentir febre, dores musculares, cansaço, mal-estar, cor amarelada na pele e nos olhos e, a longo prazo, insuficiência hepática, o que pode levar à morte. Atualmente, existem onze tipos de Hepatite e cada uma delas têm causas e tratamentos distintos. Hoje, vamos explicar as peculiaridades da hepatites virais, hepatite alcoólica, hepatite medicamentosa e hepatite autoimune. São consideradas doenças infectocontagiosas, causadas por vírus, sendo já descritos 7 tipos (A à G) em literatura. Podem ser transmitidas de várias maneiras, tais como: fecal-oral, alimentos e água contaminados pelo vírus, saliva, sêmen, secreções vaginais, leite materno, transfusão de sangue, agulhas contaminadas, instrumentos de manicure, pedicure, tatuagem, colocação de piercing, entre outros. Se não tratadas de forma correta, podem levar a cirrose hepática até câncer. Para evitar estas formas da doença, alguns hábitos de higiene devem ser tomados: – Lavar bem as mãos; – Evitar alimentos crus; – Tomar apenas água potável: mineral, filtrada ou fervida; – Tomar as vacinas contra hepatites, de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde (MS); – Usar preservativo em todo contato íntimo; – Exigir material descartável novo sempre que realizar procedimentos que tenham contato com sangue e fluídos corporais, bem como realizar piercings, tatuagens e até mesmo acupuntura; – Não usar drogas injetáveis ou utilizar material esterilizado; – Não compartilhar objetos de uso pessoal como kit de manicure e lâmina de barbear; – Usar sempre materiais descartáveis novos se for socorrer ou tratar das feridas de alguém.